Guerreira de animações

Como grande parte dos meus leitores e amigos da Aliança devem saber, sou uma grande fã de desenhos animados desde, sempre?
Então, eu pensai no seguinte: Porque não criar um sitio onde possa marcar todo o meu progresso e organizar o que eu quero, ou não quero, ver?
E assim nasceu a guerreira de animações, pois um dos objetivos na minha vida é ver o máximo de animações que eu conheço possíveis. Analisar seus plots e qualidade, pois isso é mais importante do que números.

Desenhos animados não contam com grandes sites exclusivos para eles que seguem um otimo sistema de marcação de progresso tais como o famoso My Anime List para os fãs de anime. Não que eu não goste de anime, vejo ao acaso também, mas por algum motivo, sempre preferi a animação ocidental, sendo que esse é,  para quem não sabe, o meu foco no dia a dia e uma das coisas que eu passo mais tempo a fazer.

Achei que seria interessante assim, partilhar a minha listinha com todos. Quem sabe, dou a conhecer a alguém algum desenho desconhecido para este ou encontrar por ai uma alma gémea que esteja tão familiarizada com eles tal como eu e queira iniciar uma discussão sobre qualquer um.




Atenção: Irei manter o titulo original dos desenhos para facilitar a sua pesquisa por parte do leitor. Independentemente de ser em inglês ou em outro idioma.

Se o leitor desejar, poderá fazer recomendações, ou até mesmo usar esta mesma lista como base para a  criação de sua própria lista.

Está página será atualizada constantemente conforme meus progressos! Alguns desenhos podem estar desatualizados ou sem dados, mas isso não significa que ainda não tenha dado neles uma olhada  ou assistido algum episódio recentemente!
É muita coisa que eu nem posso sempre saber onde eu ando!

ULTIMA ATUALIZAÇÃO DESTA LISTA FOI EM
20/08/2019



- Desenhos atuais em andamento 
Desenhos animados novos, com episódios ainda em lançamento ocasional ou estreia prevista. Meu objetivo é me manter sempre atualizada com estes desenhos. Basicamente, como fã de animação, estes são o meu foco atual e foco principal.

  1. Steven Universe - Atualizada até o momento - Todas até 5 Temporada
  2. Craig of the creek - Atualizada até o momento 
  3. Summer Camp Island - Atualizada até o momento
  4. Mao Mao Heroes of pure heart - Falta episodios
  5. The Dragon Prince - Atualizada até o momento
  6. She-ra and the princesses of power - Falta assistir 3 temporada
  7. Amphibia - Atualizada até o momento
  8. Infinity Train - Atualizada até o momento
  9. The Owl House - Ainda não estreou
  10. Hilda - Atualizada até o momento



- Gosto de Assistir Ocasionalmente
Desenhos animados ainda a ser atualizados e com episódios a sair. Ou relativamente recentes que terminaram á pouco tempo mas que eu acredito que ainda não terminei nem aproveitei tudo o que eles tiveram para oferecer. São desenhos animados que eu gosto, gosto muito, ou simplesmente acho meh, e prefiro assistir ao acaso na TV, mas tenho planos para seguir em frente com eles sempre em ordem correta com mais calma / atenção em cada detalhe. A seguinte lista marca a quantidade de episodios já assistidos em ordem no desenho.

  1. OK KO Lets be heroes
  2. We Bare Bears
  3. Uncle Grandpa
  4. Clarence
  5. Amazing World of Gumball
  6. Ducktales (2017) - 2 episódios assistidos em ordem
  7. Victor & Valentino - 4 Episodios vistos até o momento em ordem
  8. Villainous - 1 episódios assistido e várias curtas aleatórias
  9. Bunnicula
  10. Lion Guard
  11. Series Dreamworks Dragons
  12. Séries Kung Fu Panda


- Total Re-watching
Lista de desenhos pelo qual já vi todos ou praticamente todos os seus episódios á pouco tempo na minha vida, sendo que não é algo tão antigo ou velho de forma a me ter esquecido por completo de seus plots. Mas pretendo reassistir com mais calma ao acaso e na ordem de episódios correta em algum momento futuro.

  1. Adventure Time - Rewatch Parei por volta da 5 temporada
  2. Regular Show - Re-watching não iniciado
  3. Avatar Aang  - Re-watching não iniciado
  4. Avatar Korra - Re-watching não iniciado

- Childhood Re-watching and Completing
Desenhos animados mais antigos - maior parte da minha infância - Que eu já assisti em algum ponto da minha vida, mas fora á MUITO tempo que eu não me lembro de praticamente nada sobre eles, ou então, assisti somente fragmentos de episódios. Pretendo assistir ou reassistir vendo todos - ou quase todos - os seus episódios, filmes, ou curtas (caso existam) em ordem. Alguns episódios aleatórios  destes posso ter assistido ao acaso recentemente. São tantos que até pode faltar títulos na lista e muitos.

  1. Storm Hawks
  2. CatDog
  3. Rugrats - 1 episodio visto em ordem
  4. All Grown Up!
  5. American Dragon
  6. Lilo e Stitch
  7. Fillmore
  8. The Proud Family
  9. Recess
  10. Kappa Mikey
  11. Catscratch
  12. Danny Phantom
  13. T.U.F.F. Puppy
  14. My Life as a Teenage Robot
  15. Jimmy Neutron
  16. The Ren & Stimpy Show
  17. Rocko's Modern Life
  18. Aaahh!!! Real Monsters
  19. Hey Arnold! - 1 episodio visto em ordem
  20. The Angry Beavers
  21. The Wild Thornberrys - 1 episódio visto em ordem
  22. Rocket Power - 1 episódio visto em ordem
  23. As Told by Ginger - 1 episódios visto em ordem
  24. Tabaluga - 1 episodio visto em ordem
  25. Brandy & Mr. Whiskers
  26. Dave the Barbarian
  27. Chasseurs de dragons
  28. Atomic Betty
  29. The Grim Adventures of Billy and Mandy
  30. Grojband
  31. Dinossaur Train
  32. Back at the Barnyard
  33. Clone High
  34. Dibo the Gift Dragon
  35. Kim possible
  36. Rabbids Invasion
  37. Sanjay and Craig
  38. Beavis and Butt-Head

- Completos
Desenhos vistos recentemente, grandes conquistas totalmente concluídas. Não pretendo reassistir assim tão cedo, apesar de ás vezes eu contar com muita vontade e acabar fazendo isso.
  1. Over the Garden Wall
  2. Star vs. The Forces of Evil
  3. Heidi (Pseudo-Anime)



- Dropped
Desenhos animados, tanto Old como atuais, que apenas desisti de assistir. Pela mais variedade de motivos, tais como não gostar do tom novo adotado na narrativa, ser demasiado infantilizado, mudanças drásticas e pouco saudáveis na historia  e personagens, ritmo e narrativa em si, entre outros, ou, simplesmente, não gostar mais deles e assim não contar com anime nenhum para voltar a acompanhar. Alguns eu tentai assistir e simplesmente não quis continuar.  Posso me lembrar de reassistir alguns episódios mais antigos ao acaso algum dia destes por questões nostálgicas ou lhes entregar uma nova oportunidade futura, conforme minha disposição e disponibilidade.
  1. Fairly odd parents
  2. Spongebob squarepants
  3. Mighty magiswords
  4. Mixels
  5. Slugterra
  6. Miraculous Ladybug
  7. Nickelodeon Breadwinners

- Lista de espera
Desenhos que nunca assisti de modo decente na minha vida, mas pretendo ver um dia desses, independentemente de serem desenhos novos ou mais antigos. Alguns vi pouco, mas pretendo continuar ou dar uma oportunidade um dia desses.

  1. Gravity Falls
  2. Voltron
  3. Animaniacs
  4. Rekkit rabbit
  5. Molly Of Denali
  6. Twelve Forever
  7. 101 Dalmatian Street
  8. Nickelodeon's Glitch Techs
  9. Tuca & Bertie
  10. Samurai Jack
  11. Zog





E assim termina a grande lista.
Espero que gostem desta variedade e apreciem meu esforço em tentar ver tanta coisa com tão pouco tempo livre disponível.


Capítulo 1

E talvez seja melhor assim 

O pequeno Pokémon, num delicado desespero, estendeu sua pequena cauda, que brilhava em uma forte cor metálica. O grande crocodilo estava próximo o suficiente para sentir sua garganta e barriga serem rasgadas, num golpe certeiro, pela curta lâmina do mais pequeno.

Os danos não foram graves, mas suficientes para  Krookodile recuar alguns passos atrás, analisando com interesse e certa surpresa a ferocidade em que o tal Iron Tail fora utilizado contra si, uma técnica que Pokémon iguais aquele pequeno adversário raramente continha em estado natural.
Ele, simplesmente, não espera  tal golpe súbito, apesar de não ter sido derrubado e ainda se manter bem imponente em campo.

Era notável que o mais pequeno se encontrava em uma delicada situação contrária ao da grande besta à sua frente, seu corpo esverdeado adotava inúmeros cortes, graves, profundos, inúmeras gotas de sangue escorriam e no solo formavam uma pequena poça de água encarnada, que só aumentava à medida que o pequeno tentava, uma, e mais outra vez, mover seu corpo e continuar em frente.

Se aquilo continuasse, o pequeno não teria mais nenhuma hipótese senão desistir, desistir de proteger seu lar, desistir de proteger sua família daquele assassino, desistir de sua própria vida… NÃO! Ele não podia! Teria que continuar… Mas continuar, seria, também, arriscar a tudo aquilo. Estava metido em um beco, sem qualquer saída, sem qualquer caminho de retorno, sem qualquer salvação.

E a criatura encarnada sorria, ele sabia que iria triunfar, só bastava mais um golpe mortífero para acabar com tudo aquilo de uma só vez, rasgou um sorriso ainda mais sádico em sua face, e com ar selvagem, fez sua grande fileira de dentes afiados brilharem e crescerem, correndo então em direção ao fraco oponente. Pode ter aguentado bastante até ali, mas ele aparentemente não escaparia desta, nem de mais nenhuma vez que respirasse para viver.



O sangrento e inesperado ataque desta noite no parque era a principal notícia espalhada nas capas dos principais jornais e nas bocas daqueles que mais frequentavam as tabernas logo nas madrugadas em Cragspur. Localizado na área centro de Ransei, Cragspur era um reino considerado em parte agradável – quando não existia derrocadas, claro, e Pokémon considerados mais violentos atacando civis – dominado  parcialmente pela tipagem Rock, era o representante do tipo em toda a região, tal como os demais dezessete reinos também adotavam seu papel na representação de um único tipo em toda a Ransei.

A população se mantinha alerta, com medo de que aquele ataque tenha sido provocado pelas guerras existentes entre os reinos no norte da região. Ujiyasu, o guerreiro que dominava aquela área rochosa, declara bastante confiança por parte dos civis.

— É preciso lutar para proteger o que é caro — foi a frase que utilizou na abertura do seu discurso matinal, para uma tentativa de acalmar a população alarmada depois do que ocorrera anteriormente. — E esse ‘’caro’’ pode ser interpretado de diversas maneiras.

Em frente ao palácio, lá estava ele, um homem alto e corpulento, em cada cicatriz que marcava em seu corpo gostoso, um, ou inúmeros outros conflitos em que ele participara durante toda sua vida, que foram tantos que já nem tinha conta. Apesar de parecer inicialmente rude e desinteressado, era um Warlord profundamente preocupado com tudo, e todos, até mesmo com seus mais próximos aliados.

— Cabe a cada um de vocês descobrir o que é precioso proteger — continuou o discurso, de maneira carismática. — Todos os outros ainda independentes reinos sabem o que para eles é caro. NÓS TAMBÉM SABEMOS! O nosso mais precioso tesouro está marcado mesmo nas rochas do chão que pisamos, ele está mesmo debaixo dos nossos pés, ao nosso redor, neste momento! Nossa independência é cara, mais cara que pedras preciosas, e não deixaremos NINGUÉM comprá-la e usar-lha para seu proveito!

Os civis bateram palmas, admirados com as palavras que confortavam seus corações. Ujiyasu realizou um gesto de despedida, que dissipou a população, encerrando igualmente o pequeno evento matinal, com todos a voltarem a suas rotinas.

Acompanhado pelo seu Pokémon pedra, um poderoso Boldore, entrou dentro do grande edifício que se estendia no local. O palácio era reconfortante, inúmeras estátuas ilustrando os mais diversos Pokémon do tipo representante do reino eram a principal decoração que se podia contemplar a cada passo que se realizava. Alguns guardas, guerreiros comuns, guiaram o Lord e seu Pokémon para os seus respectivos aposentos.

Ao abrir a porta de seus aposentos, surpreendeu-se pela presença súbita de uma figura feminina, era Kaihime, uma guerreira de alta categoria, tal como ele, que habitava Cragspur. Ela o esperava no quarto. Eram amigos de longa data, talvez, um pouco mais do que isso em certas ocasiões, Ujiyasu tinha permitido a ela viver ou visitar o palácio sempre que quisesse devido a tal proximidade. Desde crianças que ambos treinavam e lutavam juntos em jornadas ao redor de toda Ransei.

— Desculpa Kai – começou, parado à porta, analisando tudo o que se ali desejava ao ver a moça deitada em sua cama numa pose desajeitada, mas ao mesmo tempo, sensual. — Hoje não tenho disposição.

— Querido, eu posso te ajudar com um Rock Polish se for necessário — ela deu um sorriso ainda mais sedutor. — Eu sei que tens dificuldades ai em aumentar a velocidade.

— Não, hoje, não — negou, mais rude. — Tenho outros assuntos mais importantes a tratar.

Ela então, desanimada, sentou-se, mas logo depois manteve um sorriso maroto na face. Era uma rapariga de um visual encantador, qualquer menino conseguia ser conquistado pela sua beleza. Roupas conquistadas por tonalidades de preto, dourado, e vermelho com pequenos detalhes brancos, lhe entregavam uma elegância fenomenal.

— Quais assuntos, além de mim? — questionou ao cruzar os braços, com ar de mimada.

O homem foi em direcção a uma secretária no outro lado do quarto. Era notável a quantidade de papeladas, tais como cartas, pergaminhos e jornais que se acumulavam todos os dias, cada um com uma noticia especifica, ou retratando a mesma noticia, de modo único, diferente aos demais. Observou atencioso tudo.

— Por acaso ouviste falar do que aconteceu noite passada?  — comentou, com cara de desaprovação.

Ela riu.

— Posso ser distraída, mas é impossível não ouvir isso com praticamente todos a fofocar sobre. Além do teu discurso que não deixou ninguém dormir — ela aproximou-se dele e murmurou. — Eu amo ouvir  a tua voz.

— Ótimo – ele suspirou. — Então, está ai os motivos de minha má disposição e ocupação. Agora se me dares licença, sai do meu quarto. Quero continuar as investigações sozinho com meu Boldore.

— Calma ai meu menino — ela o agarrou pelo braço, antes que ele desse mais algum passo, o impossibilitando de se sentar. — Possivelmente foi um ataque, discórdia entre Pokémon selvagens, acontecia muito por aqui com alguns gangues de Krookodile, mesmo antes da guerra começar.

— Achas mesmo? — ele deu um sorriso, um tanto forçado, indicando ironia. — Em tempos de guerra, temos que estar atentos  a qualquer acontecimento anormal — e seu sorriso então se desvaneceu. — Agora, sai.

E ele se soltou dos braços dela, mas ela, deu um pulo súbito, agarrando-se ao pescoço forte do homem, devido a súbito desequilíbrio, ambos caíram em cima da cama, ele sobre ela.

— Andas muito tenso ultimamente, faz uma pausa, vamos relaxar, amor — murmurou no seu ouvido — Transformar esse ‘’tenso’’ em algo mais produtivo.

O homem ficou em silêncio, corou um pouco observando a jovem mulher debaixo dele, aquele sorriso, os seus olhos brilhantes, sua beleza ao final de um tempo era bem impossível de negar.

— Hoje o dia nem começou e já queres fazer uma das tuas famosas pausas? — ele não hesitou, dando um sorriso, ao começou a beijar o pescoço da guerreira.

— Vais ver que depois desta, estarás bem melhor para prosseguir o que quer que tu andas sempre a fazer — comentou ao agarrar-se ainda mais a ele.

— Eu sei que és uma preguiçosa, mas… Talvez hoje tens mesmo razão — ele reflectiu. — Preciso de uma pausa de tudo o que está a acontecer ultimamente.

— É muita coisa e não tens andado com qualquer tempo para ti — ela comentou, com um ar triste e manipulador. — Hoje tira uma folga, vamos curtir o dia todo, nós os dois por ai, como já não fazemos a várias semanas. Recuperar tempo perdido. Quase que me ignoravas quando eu voltei  da minha viagem estes dias.

— Sim… Já a muito tempo que não passamos o dia assim, juntos, admito que eu estava com saudades — comentou em tom leve que penetrava no ouvido dela, enquanto o mordiscava com carinho. — És linda, impossível de negar. Engraçado como consegues sempre convencer-me.

Ela deu uma pequena gargalhada.

— Eu sei que sou magnífica. Mas menos conversa ai, querido — ela murmurou enquanto o agarrava com ainda mais força. — Vamos logo. Já tenho saudades de sentir o teu famoso Rock Smash.


Chegava naquela manhã ao palácio um jovem que era seguido por um género de raposa castanha de orelhas grandes. Era notável não ser um iniciante no ramo dos guerreiros na região devido a simplicidade das roupas que suportava, mas também não era grande experiente. O pequeno Pokémon manteve-se agarrado ao ombro do humano. O olhar de ambos se mantinha sério, apesar de que arfavam cansados devido a uma aparente longa caminhada que realizaram até chegarem ali.

— Espero que o mestre não esteja ocupado hoje, certo Swift? — comentou para o companheiro e o Pokémon fez um barulhinho em resposta. — Temos assuntos urgentes a tratar.

Um guarda logo interrompeu o avanço do rapaz quando estavam quase a abrir a entrada do alto edifício.

— Bom te ver hoje, Aerrow — saudou o guarda que encarou o Pokémon do visitante logo em seguida. — E o teu Eevee também tem cara bastante saudável. Bom, lamento mas não pode avançar mais, o Lord encontra-se neste momento ocupado com sua dama, por favor, volte mais tarde.

— Mas posso deixar uma mensagem, senhor? – questionou educadamente.

— Claro, ela será entregue dentro dos possíveis.

— Diga ao Lord que eu irei até Aurora visitar a Oichi e a minha irmã, por isso irei faltar aos nossos treinamentos nas próximas semanas — começou. — E alguns civis já descobriram a causa do ataque desta madrugada, e ele não contou com qualquer relação com a guerra, apenas uma briga entre Pokémon selvagens.

O guarda assim concordou bem compreensivo.

— Mais alguma coisa?

— Sim — e o rapaz entregou um pergaminho ao guarda de confiança. — Entregue isso ao Lord, só a ele, tem ai todas as coisas que eu descobri nas investigações do ataque, entre outras coisas. São documentos importantes.

— Bom, boa sorte com a viagem, tenha cuidado com a guerra — e assim o guarda despediu-se, tentando se manter imparcial, apesar de saber de todos os riscos que o jovem iria acabar sujeito.


Retiraram-se então da entrada do palácio para seguirem viagem. O pequeno Eevee parecia mais aliviado agora e tentava animar o companheiro de alguma forma, ao correr em cima dos ombros. Apesar de irrequieto, o humano conseguia-se manter bem equilibrado de tais movimentos.

— Infelizmente não deu para fazer uma despedida decente ao Lord — comentou  com ar desanimado. — Bem… Não sei o que vai acontecer nesta jornada, e talvez, seja melhor assim.

Era notável que este jovem não era um guerreiro experiente, mas ao mesmo tempo, não era nenhum iniciante, sua força devia estar num nível médio considerando os padrões comuns dos guerreiros de Ransei.

Afinal, o titulo de Warlord não era entregue a qualquer um, e apenas os mais dedicados com seus Pokémon conquistavam o privilégio de serem conhecidos assim nas sociedades onde habitavam.  Claro, Aerrow ainda estava longe de conquistar esse titulo.



No final da ladeira existente após a escadaria do palácio, dois Pokémon de ar mais poderoso o esperavam, um deles logo se realçava devido a seu corpo branco que adotava marcas avermelhadas e característica cara de impaciente, pelo retorno que seria para este, demorado. O outro, uma ursa com ar simpático, apesar de ao mesmo tempo, olhar intimidante. Dois Pokémon que este guerreiro tinha conseguido confiança e amizade durante suas viagens.

De ar sério, sem grandes diálogos, ambos seguiram seu treinador e seu Eevee, e depois de um breve desviar de olhar como despedida do reino, como se sentissem a possibilidade que já lá não voltariam mais, chegaram aos limites do local depois de algumas horas calmas de caminhada e atravessaram a fronteira, desaparecendo então da vista dos habitantes de tais rochosas terras, que durante tanto tempo, os tinham acolhido com carinho.

Aerrow não sabia se iria voltar assim tão cedo à medida que caminhava, parecia refletir alguma coisa sobre o que iria encontrar em frente. Seus Pokémon admiraram-se da preocupação, principalmente ao repararem que acabaram desviando um pouco da rota comum, estavam a regressar a Cragspur, indo em direção a sul do reino através de um trilho abandonado, directamente até alguma praia sem porto que ainda se encontrava dentro dos limites. A confiança com o treinador não os fez chamar sua atenção, acreditavam que ele sabia para onde ia, e, de facto, sabia.

Na pequena praia escondida entre rochedos, uma área pouco extensa de areia recheada de pedregulhos ao acaso repousava. Ainda era possível contemplar algumas torres distantes do palácio de Cragspur no topo dos rochedos mais longínquos. Ali, algumas das rochas expeliam água proveniente dos altos locais do reino, no formato de pequenas cachoeiras que caiam directamente no mar.


Alguém ali os esperava. De ar galã, saudou a presença de Aerrow com uma delicada vénia. Estava acompanhado por duas aves, uma delas de grande porte, um Braviary e um Staravia, um pequeno Emolga, sobrevoava um grande balão de ar quente que estava boiando no mar, bem perto da costa.

— Muneshige, há quanto tempo — saudou Aerrow.

— Aerrow, sempre pontual — comentou, enquanto acariciava um dos seus pássaros.

Muneshige era um líder militar, conhecido por Aerrow ao acaso durante as suas viagens. Era um habitante de Violight, além de um dos líder militar deste mesmo reino representante da tipagem Electric, de tecnologia considerada mais avançada tendo em conta os limites dos outros reinos de Ransei. Apesar de ser especialista em aves, permaneceu treinando por lá entre os possíveis, como favor a sua companheira, a guerreira mais poderosa que dominava tais terras acompanhada por um Luxio.

—Vamos, antes que fique tarde — comentou de imediato o homem.

Num gesto, chamou seu roedor voador, ordenando à ordem. O bicho entrou dentro do balão e com ataques eléctricos, começou a aquecer o motor para mover toda  a máquina.

Os guerreiros foram até lá, a água da praia não era lá muito profunda tendo em conta a distância, por isso, até chegarem à maquina voadora, só ficaram alagados até a cintura. Aerrow e seu Eevee entraram dentro do mediano dirigível arcaico, acompanhado por seus dois Pokémon que também cabiam lá dentro, e ainda restava espaço.

Braviary e Staravia ajudaram a controlar o ar ao redor do balão, a pedido do seu treinador, elevando assim a maquina e controlando contra as correntes do mar. Por sorte, os ventos provenientes do alto mar não estavam lá muito fortes naquele dia calmo.

— A viagem irá durar vários dias — comentou sem grandes detalhes o guerreiro experiente, enquanto mexia numas configurações dos motores. — Chegaremos ao destino ao dentro de sete noites.

Aerrow olhou pela janela da câmara do dirigível arcaico onde se encontrava. Manteve-se em silêncio. O grupo não trocou quase nenhuma palavra. Quando já estavam a uma altitude considerável, Muneshige decidiu então tomar uma aproximada do rapaz, e então, cruzou os braços.

— Sem assunto para discutir… O dia está chato, não é?

Ele o encarou. E respondeu. Óbvio que seus pensamentos estavam voltados para outra coisa, mas ele preferiu não desabafar.

— Sim… — afirmou então.

Um momento breve de silêncio se passou até o líder militar tentar puxar palavras novamente.

— Amanhã pela madrugada vamos estar a sobrevoar Terrera, terei que fazer uma paragem urgente para reabastecer.

— Melhor ter cuidado… Nobunaga está de olho — avisou logo Aerrow, de modo superficial.

Muneshige concordou com a cabeça e decidiu não questionar. Já desconfiava sobre o verdadeiro contexto de tal informação.


<< Capitulo Anterior

Próximo Capitulo >>

Parceria

Caros Amigos ou Aliados, venho abrir o sistema de parceria, como o mundo dos blogs de Pokémon anda parado ultimamente, venho ampliar umas regras simples, caso você tenha gostado desta fanfic e queira divulgar o blog e a sua fanfic com carinho, de alguma forma mais aberta ou acessível para todos...

Antigamente, os blogs se limitavam somente a outros blogs e sites nas suas parcerias, onde cada um trocava uma imagem chamada button ou banner, mas venho aqui desta vez tentar testar um novo método de expandir a divulgação, MAS continuando com o sistema de troca de links.

Banner de Aventuras em Ransei, caso ainda queira utilizar.

Agora, a parceria deste blog pode ser além de blogs e sites, foruns, páginas de alguma rede social, canais do youtube, ou até mesmo parceria com alguma outra fanfic dos sites Spirit fanfics ou Nyah fanfiction, tendo como neste caso, aplicar o link para Aventuras em Ransei em local visível tais como nas notas de cada capitulo publicado.

Ou até mesmo aceitamos parceria com qualquer outro tipo de local da internet, basta perguntar e negociar como bons companheiros de jornada mais tarde tendo em conta seu pedido e os critérios desejados por cada um.

Pode fazer seu pedido de parceria aqui mesmo através de comentários, ou conversar comigo diretamente no Discord, onde iremos discutir cada um dos nossos métodos. No meu caso, irei deixar um link ou imagem alusiva para o seu conteúdo diretamente na barra lateral do blog, á vista clara de todos.


Nossos Critérios básicos:
- Pode ser sobre qualquer coisa, em algum formato, se tiver interesse na parceria, isso depois será discutido.
- Ser ativo, atualizar seu conteúdo com frequência (nem que seja só com avisos simples, ou com, no máximo, depois de 1 ano de hiatu, caso contrário, seu conteúdo será considerado inativo e será removido de Aventuras em Ransei)
- Não precisa de quantidade mínima de visitas / visualizações.
- 1 mês de existência / criação como um período mínimo desde a criação desse conteúdo, aceito parceria com qualquer coisa novata, afinal, parceria faz parte da essência de divulgar trabalhos, até mesmo os mais iniciantes, desde que seus criadores sem mantenham persistentes em relação a seus projetos.
- Não contar contar com conteúdos muito pesados ou referencias extremas a temas mais adultos, tais como violência extrema, hentai, pornografia em quantidades altas, estes, claramente, terão cada caso analisado e algum poderá ser aceite.


Não se esqueça de ser amigável e contar com interesse, tanto para a divulgação do blog como no seu próprio projeto, não basta ir atrás somente de visualizações, o mais importante de tudo é gostares do teu próprio trabalho e estares a divertir ao lado daquilo que gostas.

Obrigado pela atenção e carinho jovem leitor! Espero que consigamos juntos seguir jornada em frente com sucesso.

Fanarts - Galeria de Desenhos

Esta área será dedicada a desenhos relacionados com a fanfic ou com o jogo Pokémon Conquest em si. Serão desenhos que eu irei construir aos poucos conforme minha vontade. Ilustrando algum momento  da fanfic, do jogo, ou apenas algum personagem ou Pokémon num tema aleatório, expressando o que eu sinto por eles.

Muitos desenhos serão feitos por puro lazer, de forma relaxada, aviso aos nobres viajantes que por aqui passam, sobre a alta possibilidade de pesados spoilers.


Desenhos da Autora

Indisponível



Desenhos dos fãs / leitores
Se os leitores estiverem inspirados, também poderão enviar suas artes que eu irei claramente aceitar com muito amor e publicar no blog.
Podém me contactar através do meu e-mail, ou diretamente no discord da aliança.

Indisponível

Notas da Autora - Prólogo + Apresentação

Notas podem conter, claramente, alguns spoilers

Olá caros irmãos de terras do distante futuro. Acho que eu dispenso apresentações, certo?
E bem... Se fosse por volta de 2012, eu neste momento estaria aos gritos por ter conseguido entrar na Aliança Aventuras!  Eu ainda não sei exatamente como eu vim parar aqui, escrever ao lado de amigos e leitores que me apoiam desde á muito tempo e de escritores que foram uma grande influencia e inspiração para mim. Graças a, principalmente, Aliança Aventuras eu descobri minha paixão pela escrita e a motivação para continuar a escrever e lutar num combate á preguiça. Acompanho o trabalho de vocês, quer como leitora fantasma, quer como pessoa qualquer que olha só o titulo de cada publicação e nem procura uma leitura a fundo, desde á muito tempo, e é uma honra enorme ainda estar aqui tão próxima de cada um.

Estou muito feliz por estar tão próxima de todos vocês no meu dia a dia, e agora, ainda mais dentro do grupo.

Bom.. Quem me conhece sabe que eu não sou lá muito boa com comentários, tendo em conta que muitos deles são  extremamente curtos ou vagos. Mas vou tentar criar um esforço no meu raciocínio para criar, responder, comentar, enfim, desenvolver sobre algo ou algum assunto que agrade a todos dando uma resposta satisfeita a cada um.

Em principio, minhas datas de publicação vão ser as Segundas Feiras. Isso porque eu sou uma merda a decidir horários bons para publicar e por vezes eu posso até mesmo me distrair na hora e publicar depois da meia noite  (o mais provável).

Agora, comentando sobre a fanfic em si...


Comecei por escrever como uma forma de fugir um pouco da minha rotina de escrita. Meu objetivo inicial não era criar algo sério que pudesse ser considerado um trabalho parte da Aliança. Peguei em Pokémon Conquest, um pouco movida pela nostalgia, já que á muito tempo não jogava. Sempre quis fazer uma fanfic tanto de Ransei como de Unova algum dia. E ver meus amigos aqui do grupo a escrever cada um seus universos de Pokémon, me fizeram voltar um pouco atrás no tempo em que eu escrevia fanfics de Pokémon também. Projetos que acabei abandonando á vários anos, e que, apesar de vergonhosos, não os considero totalmente inúteis, pois foi graças a esses erros que eu cometi que aprendi a ser a escritora que sou hoje, sendo que ainda tenho uma relação de amor - odio com eles.

Enfim, a força que me levou a escrever esta fanfic, está assim então marcada nessa nostalgia antiga e procura de alguma coisa nova para escrever, já me sentia um pouco saturada com minha outra fanfic do meu desenho animado favorito, e eu sentia que precisava de parar para refrescar um pouco a mente e as ideias, mas, claro, continua praticando e praticando minha escrita. Claro que não desisti, e irei voltar mais tarde, quando me sentir apta para continuar aquele universo e sua história, mesma coisa se aplica com o meu projeto original.

Ainda é uma fanfic com ideias relativamente novas, para ser sincera, irei tentar reutilizar essência de personagens antigas minhas, dando-lhes uma nova vida de alguma forma  aleatória, além de uma ou outra ideia relacionada com a historia pertencente a esses mesmos velhos universos de fanfic Pokémon. Talvez, uma forma de entregar uma vida nova e mais diferente a eles. Muita coisa não está fixa, mas aos poucos, estou desenvolvendo rascunhos  com possíveis ideias para usar futuramente.

Decidi mostrar a amigos uma versão inicial do capitulo 1, titulada por brincadeira como Aventuras com o Dento, para saber as opiniões de cada um e se valia ou não, a pena continuar, sendo que eu não tinha qualquer objetivo em mente na altura, quando do nada recebi um convite do PresiDento para transformar a fanfic numa das fanfics da Aliança.
Nesse momento entrei num enigma. Se não aceitasse iria me arrepender, se aceitasse estava sujeita a uma grande responsabilidade. Comecei a pensar melhor e decidi aceitar. Afinal, não custava nada tentar ir com isto em frente, eu acho?

E bem... Ontem marquei finalmente minha estreia nestas terras distantes com a publicação do Prólogo! Talvez este capitulo para alguns foi meio desanimador porque não começou a explorar diretamente Ransei. Mas acreditem, os elementos que apresentou vão ser fundamentais para o que vai vir daqui para a frente.

Agora, existem várias coisas importantes que eu gostaria de comentar.

Para começar, Pokémon Conquest é um jogo inspirado na historia do Japão, algo que eu não sei quase nada sobre, mas que, ao mesmo tempo, considero incrível. Mas como é uma fanfic, acredito que não é necessário eu ser 100% fiel á realidade, tanto a realidade do jogo, tanto a realidade da historia. Muita coisa sairá da minha própria imaginação.

Apesar de que eu estou estudando um pouco o básico em vagas pesquisas, um modo de ganhar ideias, criar ligações entre personagens e esses afins. Minha fanfic é inspirada no universo do próprio jogo, em todos os elementos que ele em si apresenta, tendo em conta meu próprio conhecimento geral sobre cada coisa. Mas estou fazendo um esforço para pesquisar um pouco mais e ir além. Aceito claramente ajuda dos leitores para conseguir expandir este universo.


O jogo pertence á 5 geração, mas pretendo utilizar Pokémon  de todas as regiões, apesar de meu foco ser os Pokémon de Unova ou só os Pokémon disponíveis dentro do jogo devido a tal.  Porém Mega evoluções vão ser, evitadas, claro, deixarei isso a cargo do responsável por Kalos, mas algo que eu não consigo ignorar, e achei absolutamente importante introduzir em Ransei, foram os Pokémon Fada, tendo em conta que a Região  é nesta fanfic,  a base para todas as outras, o grande continente antes de ser separado nas várias regiões que compões o mundo Pokémon nos dias de hoje, já tenho planos em mente sobre o modo como eu irei utilizar as fadinhas, resta esperar para ver, não poderei comentar muito agora sobre isso devido a possíveis spoiler.

Também existe a questão de alguns Pokémon lendários, o que fará com que eu tenha cuidado absoluto para não comprometer o plot das restantes regiões da aliança, tendo em conta que o que acontece em Ransei pode ser  basicamente a  base das mais básicas  bases para tudo.
Alguns Pokémons lendários que pertencem a determinados guerreiros, mas de um papel mais secundário  (tais como Mewtwo) vão ser claramente trocados por algum outro em seu lugar.


Bom, por agora é tudo.
Muito obrigado a todos por esta incrível oportunidade.

Até a próxima!

Prólogo

Não é necessário acreditar

          Todos conhecem a História de Arceus e a criação do universo, o majestoso grande deus Pokémon com seus milhões de braços construiu cada coisa no meio do nada durante tempos do sei lá, além de seus companheiros lendários que o ajudam a manter tudo na ordem natural que ele próprio, á muito tempo desejava.

          Porém, existe uma parte das lendas da origem de todo este universo, lenda tal cuja versão original e mais fiel é realidade ficou perdida algures nas palavras dos nossos avós, ou nas descrições de degradadas ruinas desconhecidas que aos poucos já não existem mais.

          O máximo que eu ouvir falar, inúmeras versões de tal lenda passadas e desse modo alteradas foram as palavras de avós, a pais, a filhos… Através de livros ou materiais infantis cujas finalidades contém pouca, ou até mesmo nenhuma seriedade. Fora isso, também é possível ver as teorias sobre tal, teorias criadas por alguns cientistas pouco levados a sério tendo em conta vestígios, vestígios demasiado desgastados para contar a total verdade e comprovar aos maiores cientistas a existência daquilo que eu acredito, de modo a marcar tal firmemente nos grandes documentos que representam toda nossa história. Tudo isso pode não estar certo, mas ao mesmo tempo, não está errado. Ainda mantém a essência daquilo que eu considero a realidade.


          Mas… Sempre existe um Mas… Sempre existe algo que nos faz acreditar em alguma coisa, por muito mais louca que seja, por muito mais irrealista que seja…

          Basta vivenciar tal coisa, ver, sentir, cheirar, tocar, para acreditar ainda mais, que tal lenda, não é lenda nenhuma, tal história, suas personagens, seus Pokémon envolvidos… Ela realmente aconteceu. Só porque mais ninguém experienciou ou conseguiu provar, não é necessário acreditar que tal não existe…

          E por isso, não é necessário acreditares em qualquer uma das minhas palavras.


          Eu não tenho provas científicas, artefactos ou qualquer outro objeto em excelentes condições datado de tais tempos para comprovar, mas eles, os elementos de tal lenda, existiram sim, estão na minha mente, serão descritos pelas minhas palavras, serão essas memorias as minhas provas relacionadas com as coisas existentes antes do lendário grande continente se separar, criando as regiões no mundo Pokémon que conhecemos exatamente como são, hoje em dia.

          Durante minhas viagens, típicas jornadas ao redor do mundo como simples e cliché treinadora, caçadora de insígnias que outrora fui, descobri algo em mim, algo incrível. Algo que eu não acreditava conseguir fazer. Não foi obra de nenhuma magia de algum poderoso Pokémon, não foi obra dos poderes e bênçãos de Arceus… Não foi obra de mais ninguém.

          Foi MINHA obra… Eu não estou maluca, e não, não me arrependo, nunca me arrependerei, pois graças a isso, eu experienciai e conheci coisas incríveis que mais ninguém hoje em dia conseguiu assim.

          Eu não sei quem neste momento segura este livro  meu, não sei quem neste momento está a ler estas minhas, desajeitadas palavras. Deixarei este livro escondido na minha casa, entregue a descendentes que neste preconceituoso mundo atual, dedicam a esconder as inaceitáveis práticas minhas.
Escrevo isto sem qualquer propósito além de deixar minha experiência e parte da minha grande e importante história de vida, registada. E eu espero que um dia, minhas palavras aqui gravadas ao serem encontradas por algo, ou alguém, possam ser mais divulgadas, mais apreciadas, e principalmente mais aceites ao redor do mundo.


          Meu nome é Elocin Somel Vaxrei.

          Eu sou uma bruxa, velha sacerdotisa que nasceu em Unova.

          Eu viajei no tempo, por minha própria vontade, graças a meus próprios poderes da mente e força de vontade.

          Eu vou entregar a cada um de vocês, meus filhos, neste meu sagrado livro, a história de uma realidade que neste mundo seus vestígios são para muitos pouco credíveis e foram á muito tempo perdidos graças ao desgaste de quem os suportava.

          Vou entregar a vocês o que eu conheci na minha viagem, histórias de guerreiros, histórias de heróis, lutas e conquistas, histórias de perdas, histórias de felicidade e sofrimento. Histórias antigas  sobre  pessoas desconhecidas… Desconhecidas, mas que tiveram grande influência no mundo, para ele ser o que é hoje…

          Eu vou entregar a vocês… Aventuras em Ransei.




Próximo Capitulo >>

Extras


Nesta área, será possível encontrar materiais mais especiais, alusivos ao conteúdo da fanfic ou ao Jogo Pokémon Conquest em si, ou até mesmo materiais de caracter aleatório e matérias de ar descontraído e de diversão fora de tudo relacionado a Pokémon e Ransei.


Sobre a Autora + Contato

Nicole, uma portuguesa simples, sem grandes coisas interessantes para comentar sobre si. Mais conhecida pelos pseudónimos Shiny Reshiram ou Shiny Saturn ao redor da internet, e chamada por simplesmente Shii entre amigos mais próximos.
Tem como principais paixões e atividades de tempo livre, desenhar e escrever coisas aleatórias. Desde muito nova sempre adorou inventar e desenhar as suas próprias personagens fictícias, histórias retratando então aleatórios universos de fantasia.

Sempre foi apaixonada pelo universo da Animação (Desenhos animados), sonha em um dia conseguir criar seu próprio de alguma forma, e apesar de ainda não ser muito próxima a Animes, também procura assisti estes de vez em quando.

Atualmente, tem em mãos os seguintes projetos:
Aventuras em Ransei
Lágrimas da Realeza (Fanfic de Steven Universe)
As Roseiras do Abismo (Projeto original de um universo de fantasia que me acompanhou desde a infância, ainda em fase inicial de produção)


Contatos

Não tenho lá grande aproximação com redes sociais. Podes encontrar e conversar comigo diretamente no Discord, através do servidor da Aliança, uma das poucas plataformas que ocupa meu tempo e interesse e onde eu entro frequentemente.

Também podes mandar um e-mail para mim:  nicolelemosxavier@hotmail.com

Ou aceder as minhas contas no site Nyah e Spirit Fanfics, onde podes encontrar alguns outros textos meus:

Perfil no Nyah: https://fanfiction.com.br/u/759623/

Perfil no Spirit: https://www.spiritfanfiction.com/perfil/shinysaturn

Se preferir comentar algo menos intimo, basta comentar aqui mesmo no blog, irei responder a qualquer comentário recebido sempre que possível.

Origem

Selo criado por Little Celeby,
para os primeiros blogs da Aliança.
Originalmente fundada por Little Celeby no dia 17 de Fevereiro de 2011, a Aliança Aventuras tinha como foco a junção de diversos blogs que compartilhavam uma linha em comum: Escrever fanfictions sobre aventuras Pokémon. Fanfiction é um termo da internet que representa ficção de fã. Cada autor era responsável por contar a sua aventura no Mundo Pokémon, elaborar especiais e construir todo um universo dentro de sua respectiva região.

2011, As Fanfics de Pokémon em Blogs

Sendo um membro da extinta Pokémon Darkay, Little Celeby foi convidado a tornar-se escritor do site, onde começou seu projeto com o Aventuras em Johto em um blog paralelo e sem grandes anseios. Celeby também era escritor do Nyah!, onde já possuía muitos fãs e admiradores. Foi lá onde recrutou três membros que viriam a compôr sua equipe no início tão incerto e cheio de dúvidas que a Aliança Aventuras viria a trilhar. As regiões da equipe foram surgindo aos poucos, começando por Johto, Hoenn, Kanto e Sinnoh em sua estréia.

A ideia de ter um blog para falar essencialmente sobre fics de Pokémon dava uma incrível versatilidade aos escritores, de modo que pudessem postar histórias especiais e paralelas ao enredo principal, episódios para download, notícias e fichas de personagens. O menu lateral tornou-se referência, e em pouco tempo muitos visitantes ficaram maravilhados com as aventuras dos treinadores que conheciam tão bem através dos Games e do Anime da série Pokémon, mas ao mesmo tempo tivemos a oportunidade de conhecê-los de novo com atitudes tão naturais e humanas, característica de cada membro que era refletida em seus personagens.

2011 foi marcado pelo crescimento contínuo da ideia de criar blogs voltados especialmente para fanfics de Pokémon, uma ideia que foi levada adiante e aperfeiçoada a cada iniciativa.

2012, Fama e Ascensão

Em 2012 a Aliança enfrentou seus melhores anos com criações de projetos incríveis com tantas novidades no mundo Pokémon. Assim como novos autores, blogs e regiões, também surgiram os Gijinkas Pokémon, obra de Canas Ominous que se tornaram um registro da equipe. A frequência das postagens semanais, as ideias inovadoras e a colaboração dos membro fazia com que todos se interessassem cada vez mais por este projeto que só tendia a crescer.

Com a ascensão e a popularização de fics de Pokémon entre os blogs da área, a Aliança Aventuras foi um exemplo de insistência e qualidade para os leitores. Mais tarde a Aliança contou com a inserção de Unova após a chegada da 5° Geração, e também recebeu novos componentes como as Ilhas Laranja, Almia e Oblivia. A abertura de um concurso para novos membros marcou uma nova fase para a equipe que crescia cada vez mais, mas também trouxe a saída de Little Celeby. Uma Nova Johto foi inaugurada, e toda a equipe estava disposta a dar o seu melhor para continuar vendo o projeto crescer.

2013, Dificuldades e Mudanças

2013 começou como um ano promissor com o anúncio da 6° Geração e, consequentemente, a chegada de Kalos como região principal e centro das atenções.

O ano que começou tão bem começou a sofrer um deslize perto de seu fim O fechamento de Unova acarretou na desistência das Ilhas Laranja e de Kanto, além da completa desestabilização de toda a equipe que remanesceu. Houveram indícios também de que Ransei seria criada, mas a região não chegou a ser lançada e ficou somente nos planos, pelo menos até então. Todos os membros continuaram seguindo com suas histórias até que a ausência da antiga colaboração que existia começou a prejudicar a Aliança como um todo. O tempo e a disponibilidade começava a afetar o andamento das histórias que cada vez mais foram comprometidas.

Passando por sua fase de criação em 2011 e o ápice em 2012, o ano de 2013 foi marcado por uma ligeira queda que só tendeu a despencar. A Aliança enfrentou seus piores anos com problemas internos, desistências e a saída de membros mais antigos.

2014, Nova Fase e Novos Temas

Em Abril de 2014, a Aliança Aventuras enfrentou uma reforma completa em sua mecânica de postagens, colocando as fanfics de Pokémon em segundo plano e dando espaço para novas postagens, novos assuntos e novos visitantes. Um pedaço da essência permaneceu, mas a verdadeira função da Aliança Aventuras sempre foi manter unidos os leitores e escritores que, tendo algo em comum, desenvolveram uma intensa amizade.

Mesmo com tantas diferenças e desavenças, enfrentando tempos maravilhosos tais como os piores possíveis, a Aliança é um símbolo de comunhão e carinho por parte daqueles que fizeram parte dela, seja como leitor, escritor, um comentarista frequente ou invisível, um visitante momentâneo ou de tempos imemoriais. Muito ainda está por vir, e vamos trabalhar juntos para que a Aliança Aventuras continue crescendo e melhorando cada vez mais para os leitores.

2015, o Ano do Fim

2015 foi o ano em que a Aliança Aventuras quase encontrou o seu fim. Após perder todos os seus autores e não  contar com absolutamente nenhuma história na ativa, todos os demais membros deixaram suas fanfictions e blogs de lado. Haos e Canas eram os únicos que ainda tinham alguns capítulos a serem entregues, mas o Aventuras em Sinnoh foi concluído em Fevereiro desse mesmo ano e a Aliança perdeu seu carro chefe.

Desta forma, durante todo o ano mal houveram atualizações, e alguns poucos autores que tentaram se consolidar não tiveram sucesso. Porém, ainda existia uma pequena chama acesa em grupos do facebook e do whatsapp, os membros ainda faziam reuniões no skype e se encontravam como bons amigos. Foi no último mês do ano, dia 17 de Dezembro, que o Aventuras em Johto foi inaugurado pelo Dento trazendo assim um vislumbre de esperança para as fanfics de Pokémon...

2016, Novo Líder e a Sétima Geração

Não demorou para que logo Johto se tornasse a atual celebridade da Aliança Aventuras, tendo capítulos postados todas as semanas e uma gama de leitores fiéis. Canas Ominous, que havia concluído Sinnoh e guiou a Aliança por quase 4 anos, decidiu passar o carga da liderança para Dento que seguiu conduzindo e trazendo novos autores.

O anúncio da sétima geração do Mundo Pokémon também serviu para levantar a animação dos escritores e leitores, e em 15 de Maio todos os blogs estavam de volta à ativa com seus devidos blogs e histórias planejadas! 2016 foi recebido como um dos melhores anos da Aliança, eternamente unida pela amizade e pelo amor de cada um por suas histórias e pelo universo Pokémon.

Template dos Blogs

A Aliança sempre possuiu um padrão de template para seus blogs, de modo a facilitar a identificação das respectivas regiões. Cada membro possui a sua cor e seu estilo, assim como a própria linguagem na escrita.
Versão 1.0
O primeiro padrão de template utilizado na Aliança Aventuras. Versão de Sinnoh, utilizada desde a criação da Aliança em Fevereiro de 2011 até Abril de 2012.



Versão 2.0
Abaixo você confere todas as regiões, conforme o nosso segundo padrão de template. Utilizado de Abril de 2012 à Abril de 2014.



Versão 3.0
Abaixo você confere todas as regiões, conforme o nosso terceiro padrão de template. Eles são utilizados desde Abril de 2014 até os dias atuais, recebendo apenas algumas mudanças com o tempo.


Membros Antigos

Com um total de 10 regiões, dentre as quais diversos autores entraram e saíram, a Aliança deu continuidade ao ciclo de sua existência. Abaixo você confere a nossa lista de companheiros que de alguma maneira colaboraram para o nosso crescimento, mas não encontram-se mais em nossa equipe.
  • Little Celeby (fundador da Aliança Aventuras, autor da primeira Johto e membro até Julho de 2012);
  • Lino New (autor da primeira Hoenn, da segunda Kanto, e membro até Dezembro de 2011);
  • Shiny Suicune (autor da primeira Unova, e membro até Novembro de 2013);
  • Thiago Rosendo (autor da extinta Almia e Ilhas Laranja, e membro até Dezembro de 2013);
  • Lord Meganium (autor da terceira Kanto,  mais tarde retornou com o pseudônimo de Lótus, e por fim Lord Aurum que comandou Ransei por um tempo);
  • Aipom de Coroa (autor da quarta Kanto, e membro até Janeiro de 2014).
  • Lux Carvalho (autora do Aventuras em Ransei até Março de 2016);
  • Gus Sycamore (autor do Aventuras em Orre até Maio de 2016 e comandou Alola por alguns meses);
  • Star-chan (autora da quinta Aventuras em Kanto até Maio de 2018).

Equipe




Shiny Reshiram

Nicole, uma portuguesa simples, sem grandes coisas interessantes para comentar sobre si. Mais conhecida pelos pseudónimos Shiny Reshiram ou Shiny Saturn ao redor da internet, e chamada por simplesmente Shii entre amigos mais próximos.
Tem como principais paixões e atividades de tempo livre, desenhar e escrever coisas aleatórias. Desde muito nova sempre adorou inventar e desenhar as suas próprias personagens fictícias, histórias retratando então aleatórios universos de fantasia.

Sempre foi apaixonada pelo universo da Animação (Desenhos animados), sonha em um dia conseguir criar seu próprio de alguma forma, e apesar de ainda não ser muito próxima a Animes, também procura assisti estes de vez em quando.

Dento

Dento, oficialmente Willian Teodoro, é um estudante de música que reside em São Paulo, Capital. Nutre paixão por Pokémon desde os áureos tempos de 1999 (mesmo trocado a série por Digimon na Globo em meados de 2000). Com tendências a fazer piadas sem graça, é apaixonado por música, cursando Licenciatura no Centro da cidade. Em sua playlist, toca de Zé Ramalho, passando por Queen, Beatles e chegando a Chitãozinho e Xororó.

Caseiro, é um rapaz que não curte sair para baladas, preferindo ficar em casa tocando ou escrevendo. Também tem uma banda e um vasto repertório. Escreve o que hoje é conhecido como Aventuras em Johto desde 2010, passando por muitas modificações até 2012, quando o primeiro capítulo ficou pronto. Após alguns poucos anos em hiato, a história foi retomada sendo moldada ao que é apresentado hoje. Tímido, um fracasso com as mulheres, ainda acredita na humanidade.

Canas Ominous

Canas é o pseudônimo de um jovem chamado Nícolas na internet. Acompanhando e guiando a Aliança Aventuras desde 2011, é também o escritor da fanfiction Aventuras em Sinnoh que levou 5 longos anos para ser concluída. Nasceu em 1994, e é formado em Design Gráfico.

Apaixonado por jogos, filmes, música e cultura geek; está sempre conectado na internet alimentando um hobbie que tem cultivando com o passar dos anos: O poder das palavras. Sonha em escrever e publicar um livro de sua autoria, e é possível encontrar algumas histórias suas perdidas na internet. Estima especialmente o poder que os desenhos têm de mostrar uma visão única, e está sempre dando o seu melhor para ver a Aliança crescer como um todo ao lado dos amigos que cultivou na internet ao longo dos anos.

Shadow


Shadow é o responsável pelo blog Hoenn, e integra a equipe da Aliança Aventuras desde Março de 2011. Nascido em 1993, é estudante da área de TI, mas não tem muita certeza do que fazer da vida.

Levemente retardado e extremamente talentoso em não fazer nada talvez sejam duas características que o definem com precisão. Gosta de passar o tempo jogando ou trocando ideia com os amigos. Um pouco tímido com quem não conhece, porém basta a pessoa ganhar intimidade para perceber que ele é um caso perdido.


Killer of Murder

Killer of Murder (Kill para os íntimos) é um ser que esteve nos bastidores da internet do mundo Pokémon há muito tempo até sumir e ser ressuscitado recentemente. Nascido em 1997, 2 dias antes do primeiro aniversário da franquia de jogos que mais iria jogar na sua vida e se orgulha de falar isso, mesmo que não signifique nada. Seu primeiro jogo foi uma cópia do Gold em japonês que o moleque não sabia ler, mas se divertiu horrores e depois disso se tornou um colecionador compulsivo de itens Pokémon. Com o passar dos anos se apaixonou por outros jogos, livros e pela ciência. Depois de terminar a escola e largar duas faculdades, finalmente achou seu lugar cursando Biomedicina, buscando a área da Genética Molecular Humana e Divulgador Cientifico. Nada a ver com escrever fanfics, mas o coração aqui é quase chagásico e tem espaço pra tudo.

Zyky Flareon

Conhecida primeiro como Zykynha, depois como ZykyFlareon, mas hoje prefere só Zyky, uma das primeiras garotas a entrar para a Aliança e a mais antiga até o momento. Acompanha essa bagaça desde a fundação com o Aventuras em Johto (primeira versão, claro).

Estuda Ciência da Computação, mas já passou 16 anos da vida pensando ser veterinária... Fazer o quê, os números falaram mais alto. Não sabe ao certo em que área da informática quer trabalhar, mas sabe que tem que mexer com códigos para ser feliz.

Leitora compulsiva e amante de jogos em geral, descobriu que aprendeu sobre videogames desde bebê, vendo o irmão mais velho jogar. Não se acha particularmente boa em nenhum tipo ou estilo, mas sim uma jogadora mediana, adora RPG's e nutre um amor incondicional por Just Dance. Adora Pokémon, principalmente a série Ranger, mas seu jogo favorito se chama Solatorobo: Red the Hunter. Nas horas vagas faz o que dá na cabeça, seja jogar, ler, assistir, escrever ou brincar com a cachorrinha que ela deu o nome de Sapphire.

Haos Cyndaquil

Vítor Siqueira, apelidado virtualmente de Haos Cyndaquil - ou apenas Haos - já era grande fã da Aliança Aventuras, e fora convidado a ingressar em 2013, sob domínio da região de Kalos (a qual ainda ocupa).

Libriano, nascido em 1998, possui uma grande paixão pela escrita, a música, o cinema e o teatro. Gosta de descobrir coisas, conhecer o mundo e a vida. Pretende seguir carreira dentro da área cinematográfica ou de artes cênicas, ainda que deixe guardada uma paixão pelas ciências. Ama mover o pensamento das pessoas, causar reflexão. Esse é seu maior objetivo.


Gus

Um estudante de 14 anos com o apelido de Gus (thanks A culpa é das estrelas), pró-feminista ávido, entusiasta número um de Game of Thrones, sempre aparecendo pra defender a coitada da Catelyn ou falar que nem Stannis nem Dany são bons reis, e (espera) futuro estudante de Cinema (ou outro na área de Artísticas, como Música). Escreve o que quiser escrever, mas tem uma leve inclinação a séries -- tendo que conviver com o fato de que não tem nem HBO nem Netflix.

Tem um apreço gigantesco por música, não lembrando a última vez que saiu sem fones de ouvido (e ouviu dizerem que ficaria surdo logo), ouve de tudo, mas especialmente músicas depressivas e tristes, porque essa é a vibe em que está... a maioria do tempo. Seu gênero preferido de Literatura (e de todo o resto) é Fantasia. Aspirante a escritor, também, tem mil ideias e mil mensagens pra passar, mas sente uma leve dificuldade de passar pro papel. Ama olhar pra nuvens e refletir sobre a vida e é vi-dra-do pelos Anos 80, sendo O Clube dos Cinco (ou Breakfast Club), talvez, seu filme favorito. Como pessoa, é liberal e muito tolerante perante a muitas coisas, mas o preconceito te tira do sério. Um dia espera fugir pra Los Angeles com uma mochila nas costas. Me. Julguem.

Doritos

Agora conhecido apenas como Doris, é o lendário mestre da fofura. Se preocupa com o futuro e o quase fim de sua adolescência, querendo parar no tempo. Seu pai o ensinou a jogar e ver animes desde sempre, e mesmo acompanhando a jornada de Ash a vida toda, se tornou um verdadeiro fã Pokémon aos 8 anos após jogar um game da franquia. Passa várias horas do dia jogando e desenhando. Seu maior sonho é ganhar a vida com animação ou games. Mesmo sendo muito distraído é um bom guerreiro no competitivo Pokemon, bons resultados em FPS e o líder de diversos exércitos no universo de Fire Emblem. Já quis morar no Japão e estudou o idioma por um ano. Prefere músicas nacionais e ama bandas como "Medulla". Não sabe fazer descrições sobre si mesmo.

WhiteVir

Virgínia é chamada de White ou WV por algumas pessoas, é uma jovem sonhadora e brisada. Possui 15 anos, e nao tardara para fazer 16 anos. É uma leonina leal e adoradora de doces. Esta no 2 ano do Ensino Medio e pretende cursar Design ou Animação. É apaixonada por BioShock Infinite, Metroid, Zelda e claro, Pokémon. Seu animal favorito é o lobo, e também dragoes. Tem um abismo por pudim, e quase -de vez em quando- dorme nas aulas, ou fica pensando besteiras. Embora não fale com muitas pessoas, gosta de conversar, principalmente se o assunto for teorias, historia em si, livros e desenhos animados.


Lord Aurum

Jean Bunn, mais conhecido como Lord Aurum, é um antigo redator e escritor de blogs envolvendo animes. Ingressou na Aliança através de Kanto, e embora não tenha concluído a fanfic, acabou tornando-se um fã assíduo desse continente. É aspirante a historiador e arquiteto, e pós-graduado na arte de procrastinar.

Nascido em 1996, sagitariano, levemente eufórico e geek de coração. Desde sempre amou animes, filmes, músicas e especialmente os livros. Uma boa leitura é sempre um passatempo gostoso e indispensável para – quase – todos os momentos. Tem um interesse enorme em filosofia e política, e outros assuntos considerados chatos, mas tenta ao máximo guardá-los para si para não matar seus amigos de tédio crônico (embora desconfie que seu auto-controle é duvidável).

- Copyright © 2019 Aventuras em Ransei - Shiny Reshiram - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -